Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão
Início do conteúdo

Um blog para recordar: Projeto AfricaNoArquivo e seu material pedagógico

Publicação:

Um blog para recordar: Projeto AfricaNoArquivo
Um blog para recordar: Projeto AfricaNoArquivo - Foto: Clarissa Sommer / APERS

Recentemente tivemos demanda quanto ao material pedagógico produzido no âmbito do Projeto AfricaNoArquivo: fontes de pesquisa & debates para a igualdade étnico-racial no Brasil, e percebemos a série de postagens que retoma conteúdos de nosso blog em WordPress como uma excelente oportunidade de resgatar a difusão desse projeto desenvolvido no APERS com financiamento do Edital Pontos de Memória 2012, do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), conforme noticiamos à época aqui.

O objetivo central da proposta foi ampliar a difusão do acervo relacionado ao contexto da escravização no Rio Grande do Sul e também o alcance das discussões sobre o tema na Educação Básica, que já vinham sendo suscitadas desde 2009 através da oficina Os Tesouros da Família Arquivo, uma das atividades ofertadas pelo Programa de Educação Patrimonial UFRGS/APERS. A ideia, inicialmente singela, de levar um pouco do mundo dos arquivos para dentro das escolas certamente cresceu com o aporte de recursos, viabilizando a promoção de atividades lúdicas a partir de reproduções de documentos. Nesse sentido, desde o final do ano de 2014 vêm sendo distribuídas, para instituições de ensino e de memória, 700 caixas pedagógicas contendo fac-símiles de exemplares de nosso acervo com suas devidas transcrições, DVD com vídeo educativo e jogo de trilha em tabuleiro acompanhado de pecinhas, material de apoio aos professores e cartela com regras e respostas.

É claro que o acesso à caixa é bastante significativo, porém, também tivemos o cuidado de disponibilizar a versão digital de tudo o que a compõe, de modo que educadores(as) e demais interessados(as) de qualquer lugar possam reproduzir o material, e hoje resgatamos as postagens em que esse compartilhamento foi feito. Para acessar:

- Material de apoio ao professor, Inventário, Testamento e Carta de Liberdade 1, clique aqui.

- Carta de Liberdade 2, Processo crime e Registro de Compra e Venda, clique aqui.

- Jogo de Tabuleiro, Regras e Respostas e Glossário, clique aqui.

- Vídeo educativo, clique aqui.

O Material de Apoio ao Professor explica a proposta metodológica e traz dicas de abordagem com as e os estudantes. Já as regras do jogo estão bem descritas na cartela correspondente.

Acreditamos que esse projeto mantem-se atual quando pensamos em ações educativas em arquivos, além de sua difusão virtual tornar-se bastante adequada no contexto que vivenciamos, marcado pelo isolamento social e as atividades remotas, assim como pelas lutas antirracistas que tensionam estruturas e colocam na ordem do dia a necessidade de debatermos as marcas da escravidão em nossa a sociedade, as contribuições do povo negro e nossas múltiplas conexões com África. Desejamos que o material oportunize boa leitura e excelentes debates!

Comentários

Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul